Armazém Pará lança programa para coleta de lâmpadas fluorescente para evitar contaminação por mercúrio

Moradores de Natal já contam com local para descartar lâmpadas fluorescentes, produto feito à base de mercúrio, um componente químico que pode causar sérios danos à saúde humana e ao meio ambiente, ao ser descartado no lixo doméstico após as lâmpadas serem inutilizadas. Disponível para toda população, o ponto de coleta desses materiais está funcionado nas lojas do Armazém Pará, localizadas em Ponta Negra, na Avenida Antônio Basílio e na Zona Norte de Natal.

As lâmpadas fluorescentes são fabricadas com componentes tóxicos como alumínio, cádmio, bário, chumbo, cromo, níquel e mercúrio. Isoladamente, o risco oferecido por uma lâmpada é quase nulo, mas em grande quantidade no meio ambiente o problema se agrava. A inalação do mercúrio, quando uma lâmpada se rompe, também é altamente prejudicial à saúde humana.

Para garantir que as lâmpadas cheguem ao destino final com segurança, o Armazém Pará disponibilizou estruturas de coleta seletiva nas suas lojas. Após o recolhimento, as lâmpadas são encaminhadas para uma empresa especializada, que se encarregada da descontaminação.

Todos os processos ocorrem por meio de equipamentos instalados sob circunstâncias especiais e em ambiente controlado, para que não haja fuga de vapores, e a contaminação do ambiente e das pessoas que operam os equipamentos. Posteriormente, os principais subprodutos (alumínio, vidro, soquetes, pó e mercúrio) podem ser reaproveitados.