Os novos documentos do doleiro contra Temer

Lúcio Funaro incriminou mais uma vez Michel Temer.

O doleiro, segundo O Globo, “entregou aos investigadores da Lava Jato um conjunto inédito de documentos que reconstituiriam o caminho percorrido por parte da propina de 10 milhões de reais paga pela Odebrecht ao PMDB, na campanha de 2014. A quantia teria sido dividida pelo grupo político do presidente Michel Temer (…).

Os papéis remetidos por Funaro aos investigadores serão usados para fundamentar o inquérito aberto no STF para investigar Temer, os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e de Minas e Energia, Moreira Franco.”

O Antagonista