A culpa não é nossa, diz entidade de caminhoneiros

Imagem da internet

A CNTA (Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos), uma das entidades que assinaram o “acordo” com o governo ontem, eximiu-se de culpa pela continuação da greve dos caminhoneiros.

Nenhuma pessoa ou entidade tem, sozinha, o poder de acabar com a mobilização e isso foi deixado claro para o governo na reunião de ontem, disse a CNTA à rádio BandNews.