Combustível no aeroporto de Brasília acaba e afeta voos

Aviões que necessitarem de abastecimento ficarão em solo até normalização do fornecimento de combustível

BRASÍLIA

O Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, informou que as reservas de combustível se esgotaram na manhã desta sexta-feira (25).

Com isso, aviões que pousarem no terminal aéreo e que necessitem de abastecimento ficarão em solo até o fornecimento de combustível no aeroporto ser normalizado.

A informação é da Inframérica, concessionária que administra o aeroporto. 

Segundo a concessionária, por conta do racionamento de combustível, a companhia aérea American Airlines cancelou de forma preventiva o voo que vinha de Miami e que pousaria no aeroporto de Brasília às 7h35. Com isso, automaticamente, o voo AAL214 que partiria da capital às 21h55 também acabou cancelado.

Além dos voos internacionais, também houve cancelamento nas viagens domésticas. Foram cancelados o voo Gol 1718 (para Teresina), voo Latam 3705 (para Congonhas), voo Azul 2926 (para Guarulhos) e voo Azul 2613 (para Campinas), que sairiam de Brasília.

Outros três voos que pousariam no aeroporto, vindos de São Paulo e Belo Horizonte, também foram cancelados.

De acordo com a Inframerica, estes são os primeiros cancelamentos decorrentes da restrição na oferta de combustível no Aeroporto de Brasília em quatro dias.

Folha Uol