Maurílio Pinto sofre nova amputação e precisa de doações de sangue

Ele segue internado desde o último dia 27, na UTI da Casa de Saúde São Lucas, devido às complicações do diabetes, e precisa de doações de sangue de qualquer tipo, que pode ser feita na Hemovida
Canindé Soares/ Xerife tem 49 anos de serviço prestado à Segurança Pública do Rio Grande do Norte

O delegado aposentado da Polícia Civil, Maurílio Pinto de Medeiros, 76 anos, passou por outra cirurgia, nessa sexta-feira, para amputar, desta vez, a perna esquerda. Há uma semana, ele retirou um dos dedos do pé, mas a infecção não regrediu com os antibióticos.

Maurílio segue internado desde o último dia 27, na UTI da Casa de Saúde São Lucas, devido às complicações do diabetes, e precisa de doações de sangue de qualquer tipo, que pode ser feita na Hemovida, situado na avenida Nilo Peçanha, 199, em Petrópolis. Antes da coleta é necessário informar quem é o beneficiado.

Segundo a filha de Maurílio, Ana Cláudia Medeiros, o estado de saúde dele é considerado estável. “Após a cirurgia, os médicos seguem um procedimento de aguardar 48 horas para avaliar se há ou não complicações. Meu pai está sedado e um novo boletim deverá sair neste domingo. A família agradece as orações e palavras de carinho e fé que vem recebendo. Também somos muito gratos a quem puder doar sangue”, explicou.

Com 49 anos de serviço prestado à Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Maurílio Pinto de Medeiros, encerrou aos 70 anos suas atividades, encerrando aposentadoria compulsória na Delegacia de Capturas e Polinter (Decap). Também conhecido por ‘Xerife’, ele foi responsável pela prisão de centenas de criminosos de alta periculosidade e atuou com êxito na elucidação de vários casos de repercussão pública, a exemplo de resgates de sequestrados no Estado.

Agora RN

Postagens mais visitadas deste blog

Avião cai com cantor Gabriel Diniz em Sergipe

Homem morre vítima de afogamento no Rio Potengi em Barcelona/RN nesta quinta-feira (25)