Bolsonaro esfaqueado: quem é Adélio Bispo, o suspeito do atentado

Adélio Bispo de Oliveira está detido na Polícia Federal de Juiz de Fora

O suspeito do atentado de hoje (6) contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) é Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos. Ele está detido na sede da Polícia Federal de Juiz de Fora após ser contido por manifestantes logo após desferir a facada contra Bolsonaro. Ele chegou a apanhar no local antes de ser levado pela polícia.

Natural e morador de Montes Claros (MG), Adélio nasceu em em 6 de maio de 1978 e é solteiro. Atualmente, estava desempregado.

Em suas redes sociais, fazia críticos a políticos, como Alckmin e Ana Amélia, e falava da maçonaria, dizendo que estavam envolvidos com a política brasileira. Em uma postagem de 1º de agosto, criticava Bolsonaro: “Dá nojo só de ouvir, que dizer que a ditadura deveria ter matado pelo menos uns 30 mil comunistas”.

Compartilhando o vídeo de Bolsonaro no programa Roda Vida, Adélio faz mais críticas, dizendo “Só merda” sobre o conteúdo da fala do candidato.

Outras fotos em sua página no Facebook mostram Adélio em manifestação com placas contra Michel Temer e com a hashtag #LulaLivre.

Segundo Flávio Santiago, major da PM de Minas Gerais, em entrevista à BBC Brasil, Adélio já tinha sido preso em 2013, acusado de lesão corporal.

EXAME

Postagens mais visitadas deste blog

Avião cai com cantor Gabriel Diniz em Sergipe

Homem morre vítima de afogamento no Rio Potengi em Barcelona/RN nesta quinta-feira (25)