Governo acaba com a obrigatoriedade de simulador e diminui aulas práticas

Foto: Bruno Covello/ Arquivo Gazeta do Povo
O governo federal anunciou o fim da obrigatoriedade do uso de simuladores em autoescolas para a formação de motoristas. A aplicação do equipamento passa a ser opcional.

Com a decisão, a quantidade necessária de aulas práticas para que o postulante a motorista cumpra antes de tirar a carteira de motorista na categoria B cairá de 25 para 20 horas - para as demais categorias não se utiliza o simulador. As aulas noturnas caíram de 5 horas para apenas 1 h

A medida foi aprovada nesta quinta-feira (13) à noite durante a primeira reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) na gestão de Jair Bolsonaro. A mudança começa a valer em 90 dias.

Postagens mais visitadas deste blog

Avião cai com cantor Gabriel Diniz em Sergipe

Homem morre vítima de afogamento no Rio Potengi em Barcelona/RN nesta quinta-feira (25)